Empresas priorizam imóveis da faixa 3 de programa federal

Por G.Lab Conteúdo de responsabilidade do anunciante

Com cenário de inflação alta e aumento dos custos da construção civil, a conta ficou difícil de fechar para construtoras habituadas a lançar empreendimentos enquadrados no programa Casa Verde e Amarela (CVA). Para viabilizar os negócios, algumas têm aumentado o valor das unidades, ofertando apenas imóveis dentro da faixa 3, cujo teto é de R$ 264 mil no Rio, em São Paulo e no Distrito Federal. Outras estão optando por projetos de médio padrão, possibilitando que o cliente acesse outras linhas de crédito, como o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que utiliza recursos da caderneta de poupança.

Fonte: O Extra